Maternidade

Mãe Solo – feliz dia da Mães

Mãe solo

Este segundo domingo de maio quero dedicar ás Mães Solo, mães guerreiras que cuidam sozinhas ou parcialmente sozinhas de seus filhos e dão um banho em qualquer mulher no quesito cuidar!

A maternidade não é um estado civil e muitas mães não gostam do termo “Mãe solteira” (Muito menos eu) Essa expressão é carregada de conotação negativa e lembra os tempos em que ter um filho sem ser casada era algo para se ter vergonha. Mães Solo se desdobram em mil para dar conta de tudo e merecem toda a nossa empatia e respeito!

Oque é uma mãe solo?
Significa que a mãe é a principal responsável pela criança, seja financeiramente ou por disponibilidade de tempo. Em resumo, não tem nada a ver com ser casada, solteira ou divorciada. Existem muitas Supermães que, apesar de casadas, são as principais ou até mesmo as únicas responsáveis pela educação dos pequenos.

Uma Mãe Solo
Criar, educar, suprir as necessidades, ser presente e se dedicar, estes são alguns pontos de responsabilidade para criar um filho. Pontos estes nada fáceis para um casal imagine para uma mulher sozinha ou parcialmente sozinha. Em alguns casos mais isolados eu diria que ser mãe solo é uma opção!
Mas em sua grande maioria Mães solo tem o grande apoio da família e amigos e tamanha dedicação e força dessas mulheres nos mostra que uma família não precisa ser formada necessariamente por um pai, mãe e filhos mas sim de quanto amor estiverem cercados!

este dia da mães quero deixar aqui toda a minha admiração por essas mulheres e mães maravilhosas, que criam seus filhos com muita garra, amor e dedicação!
E alguns dos depoimentos de amigas muito queridas e meus maiores exemplos de que ser uma Mãe Solo é pura dedicação e amor!

Me tornei mãe quando descobri com 4 meses de gestação que estava esperando um filho, claro que me desesperei pois não foi nada planejado e as reações das pessoas não seriam boas com a novidade pelo simples detalhe de ter optado em ser mãe solteira, difícil decisão, muitas foram as minhas angústias, as incertezas​, mais eu havia feito a minha escolha ser mãe é não importava se seria solteira ou não, pude contar com a minha família que me apoiou e foram o meu chão quando me faltou, meus braços para ser o meu refúgio, e nisso tudo me tornei mãe que ainda luta para ser a melhor, errando e acertando para ter no final da noite um dorme com Deus eu te amo mamãe

Laura Romano – Mãe do pequeno Davi

Eu mãe mulher sempre lutando pelo melhor são mais de 8 horas dentro de uma cozinha e 3 dentro da Faculdade todos os dias por um futuro melhor pra Rafa de 17 a Mari de 15 eo Magno de 11….sempre com aquela pontinha de culpa por não ter tempo pra essa turma mas com a certeza de que serão adultos realizados e colaboraram por um mundo melhor!! Sim eu o amor até dói no peito e saber q tenho essas 3 jóias na minha vida

Verônica Toledo – Mãe da Rafa, Mari e do Magno

No início você fica perdida achando que não vai dar conta e vc começa a perceber isso na Sala de espera de um consultorio para fazer o pré Natal ou na ultrassom para saber o sexo do bebe ..quando se depara com vários casais, e vc sozinha… Logo vem a mente o pai que deveria estar ali.
E foi assim comigo.
Foi a parte onde mais me apavorei.
Mas quando minha filha nasceu…percebi quão forte eu teria que ser.
Vi que não teria que dividir a educação dela..que era tudo por minha conta e risco.
Teria que ser mãe e pai e isso não seria uma tarefa fácil.
Você tem que ser a parte boazinha e ao mesmo tempo tem que ser mais rigida…fazendo assim o papel das suas figuras.
Mas saber que aquele presente de Deus ..tao indefeso depende somente de você.
Te faz virar o mundo do avesso…faz com que vc não meça esforços para cria-lo…educa-lo..sustenta-lo….
E o mais importante, que ele se sinta tao amado , ao ponto de não sentir falta de um amor que era pra ele por direito.
E assim tem sido a minha carreira Solo como mãe.
Não é fácil…é um trabalho árduo…
Mas sei que minha filha ..éba que menos deve pagar por isso…ja paga por uma conta que nem é dela…que é ter a ausência do pai.
E com a ajuda Deus que vem me dando força..sabedoria…e com apoio de pessoas amadas como meus pais.
Vou conseguindo fazer esses dois papéis.
Amo…amo sem medida.
Filho herança de Deus.😍

Rosana Oliveira – Mãe da Thais, Thainá e da Malu
Para finalizar deixo aqui minha proposta:
Que tal começarmos com uma pequena mudança de hábito? Substitua o antiquado “Mãe solteira” pela expressão “Mãe solo”. É aos pouquinhos que fazemos grandes mudanças!

Um grande bju e um Feliz dia das Mães mamães guerreiras!

Anúncios

4 thoughts on “Mãe Solo – feliz dia da Mães”

  1. Adorei seu texto e a definição de mãe solo, a minha mãe foi assim, apesar de casada ela era a única responsável por cuidar e educar os filhos, meu pai nem sequer nos pegava no colo, eu só sabia que ele era o “chefe” da casa, aquele que colocava a comida na mesa e as vezes dava bronca pois as crianças o incomodavam na hora do descanso, aff. bjos minha linda e parabéns pelo dom da maternidade!

    Curtir

  2. Amei, lindo demais, somos todas abençoadas por Deus, que nos sustenta e nos dá sabedoria.

    Curtir

  3. Quanta clareza, pureza e sentimento em seu texto. Adorei o termo mãe solo. Realmente, o “mãe solteira” vem carregado de conotação negativa…Parabéns, mamãe.

    Curtir

Gostou do Post? deixe um recadinho pra gente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s